Full width home Anúncio

10 ingredientes numa pizza que a grávida não deve comer

10 ingredientes numa pizza que a grávida não deve comer

Ingredientes numa pizza que a grávida não deve comer






A pizza é um dos alimentos favoritos para muitas pessoas e faz, com frequência, parte da lista de desejos da gestante. Sabe se pode comer pizza na gravidez? E conhece os ingredientes numa pizza que a grávida não deve comer? Então, este artigo é para si!

Venha conhecer os alimentos presentes numa pizza que a grávida não deve comer.

As boas notícias devem ser dadas em primeiro lugar: a pizza não está proibida na gestação!

Ainda assim, se vai comer este alimento de origem italiana, existem alguns fatores a considerar, sendo fundamental que saiba quais os ingredientes da pizza que a grávida não deve comer.

Embora existam alguns ingredientes que devem ser evitados durante toda a gravidez, a verdade é que, na maioria dos casos, esta precaução se prende com a confeção dos mesmos, sendo fundamental, para que a gestante possa comê-los, que garanta que estes estão cozinhados de forma correta ou que foram preparados com cuidado.
Uma vez que, por norma, as pizzas são um alimento que se come ou em restaurantes ou via encomenda, torna-se mais complicado fazer esta gestão pelo que, para os efeitos do corrente artigo, consideraremos os ingredientes perigosos como alimentos de uma pizza que a grávida não deve comer (ainda que, se preparados em casa e com cuidado, alguns deles possam).
post%25C2%25B4geracao-1
Conheça o e-book que tem feito a diferença na vida de muitas crianças!

Você também pode conferir todas as informações no site oficial AQUI

1. Ingredientes numa pizza que a grávida não deve comer: Queijos moles

Diriam muitas pessoas que “pizza sem queijo não é pizza”. A questão, aqui, não é o queijo em si mas a escolha de alguns queijos específicos que, muitas vezes, integram as pizzas.
Queijos como o Brie ou o Camembert, caraterizados pela sua textura mole e branca, quase cremosa, devem ser evitados pela gestante, já que podem conter a perigosa bactéria Listeria monocytogenes.
2. Salmão fumado
Os peixes crus estão proibidos na gestação, para garantir que a grávida não é exposta a bactérias e vírus perigosos para si e para o feto.
Nesta medida, o salmão fumado – uma vez que não é cozinhado – não deve constar da pizza de uma mulher grávida.

3.Ovo
Muitas pizzas, na atualidade, adotaram a moda da gema de ovo crua. É o caso, por exemplo, da pizza Carbonara, onde a gema de ovo partida faz a delícia de muitas pessoas.
O ovo cru, no entanto, é um inimigo da gestante, uma vez que pode ser fonte de salmonellas. Se desejar o ovo na sua pizza, garanta que a sua gema não vem mole, deixando que o ovo cozinhe na sua totalidade.

Leia também:

4. Bacon fumado
O bacon é outro dos ingredientes da pizza que a maioria das pessoas não dispensa. Ainda assim, ao pedir uma pizza com bacon, a gestante deverá garantir que não se trata de bacon fumado.
O bacon fumado trata-se de uma carne unicamente tratada no fumeiro e que, como tal, não passou por qualquer processo de cozedura. Enquanto carne crua é, portanto, perigoso para a gestante.

5. Camarão ou gambas
Comuns nas pizzas “de mar”, as gambas e o camarão são dois ingredientes que a grávida não deve comer.
A razão para tal prende-se com o facto de que, quando mal confeccionados ou fora de prazo, estes ingredientes são perigosos, podendo conter vírus e bactérias.
Caso a gestante pretenda realmente incluir estes ingredientes na sua pizza, a melhor opção será comprar ingredientes frescos e cozinhá-los em casa.

6. Anchovas
Não sendo o ingrediente mais consensual da pizza, as anchovas integram a lista de ingredientes numa pizza que a grávida não deve comer.
Além de estarem consideradas como peixes expostos a poluentes industriais e que contém níveis de toxicidade elevados pela presença de bifenilos policloratos, as anchovas são ainda conservadas em sal e podem fazer aumentar a tensão arterial da gestante.

7. Pepperoni
As carnes curadas, como é o caso do famoso ingrediente de pizza, Pepperoni, são carnes preparadas, frequentemente, com recurso à cura e à fermentação e, por isso mesmo, podem conter bactérias nocivas para a gestação.

A presença de bactérias como a listeria ou do toxoplasma fazem com que o consumo deste tipo de ingrediente de pizza deva ser evitado pelas gestantes.

Para que o seu consumo seja um pouco mais seguro, a gestante deve garantir que este tipo de carnes são totalmente cozinhadas.

8. Pimentos
Os pimentos não estão totalmente proibidos para a gestante. Ainda assim, considerando os problemas digestivos, de náuseas e azia sentidos por muitas mulheres grávidas, torna-se necessário ter em atenção que estes poderão ter um efeito nocivo para a mulher.
Tratando-se de um vegetal de longa digestão, estes poderão promover a sensação de mal-estar indesejada.
No final da gravidez, os pimentos estão ainda associados à alteração do sabor do leite materno.

9. Queijos com fungos
Tal como os já referidos queijos moles, os queijos com fungos deverão, também, ser evitados durante a gestação.
Assim, antes de se aventurar por uma “4 queijos”, lembre-se de que queijos como o Gorgonzola, o Danish Blue ou o Roquefort são perigosos, na medida em que têm uma maior tendência para albergar a bactéria Listeriamonocytogenes.

10. Frango
O frango é um dos ingredientes numa pizza que a gestante não pode comer, a menos que saiba com toda a certeza de que a sua confeção foi feita com o máximo de cuidado e que não existe o risco de a carne estar mal cozida.
As carnes de aves mal cozinhadas podem ser uma fonte se Salmonella, bacteria muito perigosa para a gestante durante a gravidez. Além disso, esta carne mal cozinhada pode também promover a toxoplasmose.
Comeu pizza durante a sua gestação? Quais foram os seus ingredientes de eleição? E quais evitou? Conte-nos qual a sua opinião sobre o consumo de pizza e dos seus ingredientes durante a gestação.
Fonte: Bebe a Bordo

Podcasts - Saúde e Beleza

Mais visitadas

Bottom Ad [Post Page]